Menina de 10 anos desaparece em Jaraguá do Sul – veja o que acontece

22/05/2018 | Compartilhe:

 

Jaraguá do Sul, bairro São Luis, próximo do meio-dia: um pai espera a sua filha de 10 anos no portão da escola, como de costume. Mas ela não aparece. Ele a procura pela escola, mas não encontra, fala com professores e outras crianças, mas só tem a informação que ela estava bem e saiu quando o sinal tocou.

O coração pulsa mais forte e o desespero aparece

Ele faz uma uma ligação para o 190, relatando o caso, e duas viaturas são designadas para buscas na região.

Ouça o áudio pelo link: Pai ao 190

Ao mesmo tempo, a Seção de Comunicação Social do Batalhão divulga pelas redes sociais a informação e a fotografia da menina, solicitando apoio no grupo de WhatsApp da imprensa, que acolheram a informação e prontamente auxiliam na divulgação.

Após 30 minutos, mais de 700 compartilhamentos haviam sido feitos pelos seguidores do 14º Batalhão no Facebook.

Nesse esforço de encontrar a menina, um lojista com câmeras viradas para a rua, buscou em suas imagens e visualizou a menina passando sozinha em frente a sua loja, informando aos familiares da criança, dando um norte para as buscas.

Por volta das 14 horas, a Central Regional de Emergências recebe duas ligações. As duas relataram que viram uma menina parecida com a da fotografia, e um delas enfatiza que viu a publicação e que a menina estava no bairro Vila Lenzi, longe da escola que frequentava.

 

Ouça o áudio pelo link: comunidade ao 190

Agora o policial militar da Central Regional de Emergência ao ouvir a informação, pede para a pessoa voltar, encontrar e acompanhar a garotinha de longe até a chegada da viatura.

Ouça o áudio pelo link: Contato comunidade

A CRE faz nova ligação e o rapaz diz que voltou e está procurando a menina.

Ouça o áudio pelo link: 190 para Comunidade

Viaturas centram seus esforços nesse local. O tio da garotinha, que está nesse bairro, ao ser informado pela Polícia Militar desse novo paradeiro, vai ao encontro e localiza a sua sobrinha andando em uma das vias de grande movimento.

Um suspiro de alívio para os familiares e toda a comunidade

Ela informou que estava indo para a casa da avó e tinha se perdido. Felizmente estava bem, apenas desorientada.

Seria apenas mais uma ocorrência, como tantas outras, mas é muito mais do que isso, pois demonstra mais uma vez que quando a comunidade se une e a Polícia Militar é presente, a segurança é fortalecida e ao final, na maioria das vezes, é repleta de sorrisos.

A família policial-militar agradece a participação e apoio de todos, que com suas contribuições tornam a nossa comunidade muito mais pacífica e segura, todos os dias.

Compartilhe essa notícia e deixe essa energia positiva se espalhar!!!

Participe do grupo de notícias do 14º Batalhão Retornar para Home
Somos 14º Batalhão Governo de Santa Catarina 14º Batalhão
----------- +++++++++++