Ligação de policial militar é decisiva para prisão de homicida

14/02/2018 | Compartilhe:

No último sábado, 10, por volta das 21h10min, a Central Regional de Emergências recebeu ligação de que um homem esfaqueado pedia ajuda em uma lanchonete na rua Venâncio da Silva Porto, no bairro Nova Brasília, em Jaraguá do Sul.

Policiais no local foram informados de que o esfaqueado estava na lanchonete com sua mulher, e que haviam saído pouco tempo antes, após discussão entre o casal, e que ambos haviam ingerido bebida alcoólica.

Segundo populares, o casal residia em uma quitinete na rua João Planincheck, próximo à lanchonete. No local do crime, os policiais efetuaram diligências e obtiveram a informação de que a suspeita da agressão estaria se deslocando para outro bairro.

A ação rápida dos policiais militares merece destaque, mas uma ação foi decisiva para a prisão da mulher: uma ligação telefônica.

Após receberem, de populares, o número de telefone da suspeita do crime, um dos policiais efetuou uma ligação telefônica para ela, e conseguiu convencê-la de que a melhor saída seria que ela se entregasse e que a fuga apenas tornaria a situação pior.

A mulher então retornou para o local do crime e se entregou aos policiais que deram voz de prisão e a conduziram à delegacia.

Pouco tempo depois o homem havia entrado em óbito no hospital, caracterizando, assim, o 1º homicídio em Jaraguá do Sul, em 2018.

A Polícia Civil investiga o caso.

Retornar para Home
1º Sargento Luiz Wiltner

1º Sargento Luiz Wiltner

Seção de Comunicação Social

Somos 14º Batalhão Governo de Santa Catarina 14º Batalhão | Somos online