12ª RPM participa da Operação Varejo II

11/07/2019 | Compartilhe:

Durante esta quinta-feira, 11, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) deflagrou a Operação Varejo II, em todo o Estado. A ação tem como propósito combater o comércio ilegal de cigarros em Santa Catarina.

A 12ª Região de Polícia Militar (RPM) participou da operação, com o 14º e o 23º Batalhão, nas cidades de Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Guaramirim e Rio Negrinho. A PMSC empenhou 1.313 policiais militares, sendo utilizadas 655 automóveis, 68 motocicletas e duas aeronaves, resultando em 77.862 maços de cigarros, cinco armas de fogo e 32 quilos de maconha apreendidos.

O chefe do Estado Maior da 12ª RPM, tenente-coronel João Marcos Dabrowski de Araújo, destaca que o principal objetivo da operação é, além de realizar a apreensão de maços de cigarros de origem ilícita, analisar o que está sendo recolhido em valores reais, estimando o quanto representaria este confisco para a arrecadação de tributos do Estado.

Santa Catarina contabiliza consequentes prejuízos causados pelos cigarros contrabandeados que circulam no Estado. Segundo levantamentos da Secretaria da Fazenda, há uma perda de aproximadamente R$ 7 milhões mensais na arrecadação, que totalizam um montante anual de R$ 84 milhões.

Segundo dados levantados pela PMSC, 48% dos cigarros que circulam são clandestinos, representando R$ 175 milhões não arrecadados. Apesar da repressão dessa ilegalidade, o mercado ilícito de cigarros no Brasil continua a se expandir exponencialmente, impulsionado principalmente, pela significativa diferença de preço entre os produtos. De acordo com levantamentos, 50% dos produtos são contrabandeados do Paraguai, e ainda, 5% são produzidos clandestinamente no Brasil.

Participe do grupo de notícias do 14º Batalhão Retornar para Home

Cabo Jorge Luís Sedrez Mendes

Comunicação e Marketing da 12ª RPM

Somos 14º Batalhão Governo de Santa Catarina 14º Batalhão | Somos online
----------- +++++++++++