Quarentena: como ficam os velórios?

21/03/2020 | Compartilhe:

O estado de quarentena exige atenção e cuidados redobrados. O cenário torna-se ainda mais delicado quando por algum motivo um ente querido falece. Assim, medidas de proteção à saúde devem ser priorizadas também nesses momentos.

A Nota Técnica DIVS Nº 011/2020 da Secretaria de Estado da Saúde foi publicada no dia 20 de fevereiro, e repassa importantes medidas a serem adotadas por funerárias, cemitérios, crematórios e responsáveis por velórios:

  • Os funerais deverão ser realizados apenas com familiares diretos e amigos próximos e preferencialmente serem realizados somente no dia do sepultamento;
  • Recomenda-se a suspensão de cultos ecumênicos e cortejos fúnebres para velórios;
  • Velórios devem ser realizados preferencialmente em capelas mortuárias;
  • Não é recomendado velório em domicílio;
  • Recomenda-se no máximo dez pessoas por sala de vigília;
  • Manter o ambiente ventilado;
  • Deve-se aumentar a frequência de higienização de banheiros, maçanetas, mesas, balcões, cadeiras etc;
  • Disponibilizar produtos como sabonete líquido e toalhas de papel descartáveis para as instalações sanitárias;
  • As capelas mortuárias deverão ser totalmente higienizadas a cada velório.

A Polícia Militar também tem feito orientações nesses locais e agradece a colaboração de todos que compreendem o trabalho de fiscalização realizado.

Saiba mais:

Operação Coronavírus: dúvidas frequentes

Participe do grupo de notícias do 14º Batalhão Retornar para Home
Subtenente Luiz Wiltner

Subtenente Luiz Wiltner

Seção de Comunicação Social

Somos 14º Batalhão Governo de Santa Catarina 14º Batalhão | Somos online
----------- +++++++++++