Homicídios e tentativas em Jaraguá do Sul e região

10/01/2019 | Compartilhe:

O esforço deve ser coletivo para que a ocorra a prevenção aos crimes violentos, cabendo às várias instituições e organizações primar pela orientação e conscientização das pessoas, pois depois que o crime ocorre, o dano à integridade física foi causado e a vida, em muitos casos, se esvai; restando a dor e o sofrimento dos familiares e dos amigos daqueles que foram privados precocemente da vida.

 

Como a Polícia Militar atua para diminuir os homicídios e tentativas de homicídios?

O comandante do 14º Batalhão, tenente-coronel Marcio Leandro Reisdorfer, fala sobre o fortalecimento das Redes de Prevenção, das abordagens preventivas e repressão ao tráfico de drogas para prevenir os crimes letais:

Notícias:
Rede Catarina de Proteção à Mulher é lançada em Jaraguá do Sul

Como uma das principais causas dos crimes violentos está relacionado às drogas, o comandante Reisdorfer fala sobre a importante participação da comunidade pelas denúncias anônimas e a forte repressão dos policiais militares do 14º Batalhão contra o tráfico:

Notícias:
Dois são presos por tráfico em Massaranduba
Seis quilos de maconha são apreendidos e três são presos por tráfico

Reisdorfer também fala sobre a sinergia necessária para que a efetiva prevenção contra os crimes ocorram, sendo necessária a participação de vários segmentos da comunidade:

 

Homicídios e tentativas em números

 

Em 2018, na área do 14º Batalhão de Polícia Militar, que abrange os municípios de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Massaranduba, Corupá e Schroeder, ocorreram 11 homicídios e 41 tentativas de homicídio.

Homicídios 2015 2016 2017 2018
Jaraguá do Sul 1 6 7 6
Guaramirim 2 1 2 3
Massaranduba 1 1 2
Schroeder 1 1
Corupá 2 1
Total 4 11 11 11

Em 2018, quatro dos homicídios, em Jaraguá do Sul, resultaram de violência doméstica, sendo que em dois casos a mulher foi a autora do crime, e em outros dois casos foi o homem. Em um dos casos o homem também acabou cometendo suicídio.

Alguns fatores estão presentes em muitos dos homicídios: violência doméstica, embriaguez, passagens criminais, desentendimentos entre familiares e amigos. Esses fatores, individualizados ou acumulados, potencializam para que o relacionamento humano, entre casais ou entre amigos, do positivo que alicerça a família e relacionamentos, passe para o negativo e culmine na violência ao ponto de tirar a vida do outro.

Notícias:
PM encontra corpo de mulher e prende acusado pelo homicídio

 

Homicídios de 2015 a 2018

Os crimes letais, em Jaraguá do Sul, não convergem para alguma área ou bairro em específico, mas estão espalhadas em várias regiões da cidade, como se vê:

*Onde se lê “ocorrências por município”, leia-se “por bairro em Jaraguá do Sul”, e onde se lê “Ribeirão Carvalho”, que se leia “Ribeirão Cavalo”.

 

Dias de folga e lazer tornam-se de agressões

O dia da semana mais letal foi o domingo, com 42,86% dos casos. Se for considerado também o sábado, que marcou 22,86%, somam 23 registros nos últimos 4 anos.

 

Outro ponto que merece atenção é em relação ao horário dos crimes, sendo que a maior letalidade foi das 18 às 23h, com 13 homicídios registrados.

 

Tentativas de Homicídio 2015 a 2018

 

Tentativas 2015 2016 2017 2018
Jaraguá do Sul 18 14 15 26
Guaramirim 9 2 5 8
Massaranduba 3 2 1
Schroeder 2 2 1 6
Corupá
Total 32 18 23 41

Notícias:

Acusado de tentar mãe e padrasto é preso pela Polícia Militar

PM prende homem que tentou matar padrasto de 61 anos com marreta

Finais de semana são mais violentos

60% das tentativas de homicídio ocorreram nos finais de semana, mais precisamente no sábado e domingo. Os dias da semana com menos violência foram nas segundas e terças-feiras, com 7,02% dos casos em cada um dos dias.

 

Seguindo a tendência dos homicídios, o horário das 18 às 23h também foi o mais violento, com 35,96% dos casos.

 

 

Em Jaraguá do Sul, três bairros concentram 24,66% das tentativas de homicídios do município. Entretanto, considerando o espaço temporal de 4 anos e os números registrados, não significa que sejam os bairros de maior violência.

 

Causas da Violência

Como dito, as drogas são uma das causas principais da violência que a sociedade vive atualmente.

Conforme expressado pelo tenente-coronel Reisdorfer, o 14º Batalhão atua de forma continua e forte contra este mal que assola os lares, cuja atuação policial produziu resultados expressivos no ano que passou.

Assim, a próxima matéria trará os dados de 2018 e dos anos anteriores, tanto da posse quanto do tráfico de drogas.

 

Somos o 14º Batalhão

Protegemos o presente, com olhar no futuro.

Participe do grupo de notícias do 14º Batalhão Retornar para Home
Subtenente Luiz Wiltner

Subtenente Luiz Wiltner

Seção de Comunicação Social

Somos 14º Batalhão Governo de Santa Catarina 14º Batalhão | Somos online
----------- +++++++++++