Em data festiva o 14º Batalhão incorpora o seu estandarte

07/05/2019 | Compartilhe:

Durante a solenidade em comemoração aos 184 anos da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), realizada na manhã da última sexta-feira (3), na sede do 14º Batalhão de Polícia Militar, em Jaraguá do Sul, ocorreu a incorporação do estandarte da unidade.

O subtenente RR Afonso Paulo Baade, que comandou a PM em Jaraguá do Sul de 1981 a 1989, conduziu e entregou o estandarte à frente do palanque de autoridades ao subtenente Adilson Adriano Carvalho Pacheco, praça mais antigo do batalhão, que fez a incorporação junto à guarda-bandeira.

Para o subtenente Adriano, foi um momento de grande orgulho e satisfação em poder representar os praças em um momento tão significativo para a história da unidade.

Destaque-se que um dos grandes incentivadores da incorporação do estandarte foi o comandante do 14º Batalhão, tenente-coronel Marcio Leandro Reisdorfer, que percebeu a ausência deste importante símbolo nas solenidades realizadas, e prontamente arquitetou os meios necessários para tornar realidade a presença do estandarte na solenidade em que marcou os 184 anos da PMSC.

Após a cerimônia, o estandarte passou a ter lugar de destaque junto às bandeiras nacional e estadual no relicário que está junto à sala do comando, e passará a estar presente em todas as solenidades com tropa formada.

A origem dos estandartes

Em sua origem, os estandartes eram um tipo de bandeira finamente bordados, inclusive com fios de ouro, e que não tinham em sua finalidade o hasteamento, mas sim eram conduzidos pelas tropas e serviam de guias.

No âmbito da PMSC foi aprovado pelo decreto nº 28.441, de 14 de fevereiro de 1986 o regulamento que institui as cores heráldicas, brasões de armas, insígnias de comando e estandartes.

Regulamento este, criado com a finalidade de estimular o desenvolvimento do espírito de corpo, bem como de reforçar a identidade das organizações policiais militares e realçar a precedência hierárquica entre os policiais militares.

Estandarte e a simbologia dos elementos

Como previsto em legislação, o vermelho e o verde são as cores heráldicas da PMSC.

O verde, sendo a cor representativa da esperança, da fé, do respeito e da amizade. Simboliza, além disso, a sinceridade, atributo que deve caracterizar os responsáveis pela manutenção da ordem pública.

O vermelho, representa a coragem, a valentia, o sangue derramado a serviço do estado. Aqueles que o levam em suas armas, devem ter a justiça e a imparcialidade como normas de procedimento. É a cor dos guerreiros e simboliza, ainda, a intrepidez, a fortaleza, o valor e a vitória. Por representar a coragem, impõe à corporação a responsabilidade de proteção à comunidade em que está inserida.

Assim, o estandarte é composto por três campos iguais divididos verticalmente. O primeiro campo da cor verde; o segundo de branco e o terceiro de vermelho. Sobre o centro do campo de branco será aplicado o brasão de armas da unidade policial-militar.

O brasão de armas será o escudo português ou arredondado, com elementos internos também dotados de grande simbologia, como as duas pistolas cruzadas, em metal ouro, símbolo universal de polícia, e encruzadas uma chave, que referencia ser Santa Catarina ponto estratégico de primeira ordem, e uma âncora, significando que o estado é marítimo.

A cor verde também ocupa um precioso campo no brasão de armas, representando a esperança, o respeito, a cortesia e terá no centro o símbolo que identifica a organização policial-militar. Encimando o escudo, uma estrela de cinco pontas, a qual simboliza as forças republicanas que nos regem. Sob o escudo um listel de pontas partidas de vermelho, com a inscrição que identifica a unidade.

leia mais: Solenidade de 184 anos da PMSC

Participe do grupo de notícias do 14º Batalhão Retornar para Home
Subtenente Luiz Wiltner

Subtenente Luiz Wiltner

Seção de Comunicação Social

Somos 14º Batalhão Governo de Santa Catarina 14º Batalhão | Somos online
----------- +++++++++++